A equipa de Portas Abertas, em representação às cores nacionais, no torneio de Futebolnet, realizado este fim-de-semana no Senegal, arrecadou a medalha de bonze, na competição que reuniu equipas representantes de Centros OlympÁfrica de todo o continente.


O combinado conseguiu mais uma vez colocar Cabo Verde entre os melhores no torneio, que participa pela segunda vez.
No ano passado a estreia de Cabo Verde ficou a cargo da equipa da EFAT de Achada Grande Trás, que também trouxe para casa o troféu Fair play.
De realçar que o Futbolnet é uma metodologia de intervenção social que usa do desporto para incutir nas crianças os valores do fair play, da amizade, igualdade de género, entre outros, com regras específicas introduzidas no inicio de cada partida de futebol. A equipa que cumprir o máximo das regras em campo é o vencedor.
Cabo Verde foi considerada a equipa mais disciplinada (Fair Play) do torneio, após ter contabilizado 25 valores das regras impostas.
Classificação:
1° – Gambia
2° – Senegal (Somone)
3° – Cabo Verde (Portas Abertas)
A representar o país estavam os atletas Anilson Pereira De Oliveira, Lívia Antónia Garcia Correia, Elidiane Isabel Furtado Correia, Tiago Edu De Pina Tavares, Wilma Patrícia Da Silva Varela, Fábio Leidiano Alves Do Carmo, Danilson Semedo Ribeiro e Nuno Cristiano Moreira Martins e o treinador João Lopes Gomes.
Esta participação ficou a cargo do Comité Olímpico Cabo-verdiano e do Centro OlympAfrica de Santa Cruz.
COC