Cerca de 50 futebolistas federados participaram domingo no campo de Achada São Filipe, na cidade da Praia, na III edição do jogo solidário, em apoio ao antigo jogador dos Travadores Belito Monteiro, que recentemente foi-lhe amputada uma perna.



A iniciativa, promovida por Henry Gomes, jogador da equipa de São Filipe, e Geja, capitão da Oásis, do Sal, conseguiu angariar alguns troféus que foram oferecidos pelos jogadores.

Henry Gomes, um dos promotores da iniciativa, explicou que com esses troféus o beneficiado vai poder organizar torneios para conseguir um “fundo” que o possa ajudar a comprar uma prótese.

Para além disso, acrescentou aquele responsável, foi-lhe entregue uma “quantia significativa” em dinheiro, fruto da contribuição de todos os jogadores participantes.

Em relação ao jogo os Amigos de Henry e de Geja empataram 7-7 e a equipa de Geja ganhou nos pontapés de penalti por 4-3.

Leno, Vica, Patrick, Emerson, Tio, Xeta, Aluno, Cachito, entre outros, são alguns dos actuais e antigos futebolistas que participaram nesta partida solidária.

Belito Monteiro, 31 anos, que também defendeu as cores do Tchadense, Vitória e Boavista, se destacou ao serviço dos Travadores, equipa que capitaneou por várias temporadas.

Zacarias Xavier Pinto Monteiro, de seu nome de baptismo, foi ainda treinador-adjunto da equipa feminina dos Seven Stars e actualmente comanda os veteranos de Qatar.

No ano passado foi-lhe amputada uma perna, consequência de um “calo” no dedo que o maltratava desde os 20 anos.

O jovem, de 31 anos, luta agora para conseguir uma prótese para continuar no desporto e iniciar uma carreira como atleta paralímpico.
Inforpress