A Federação Internacional de Futebol- FIFA- terminou com êxito a missão de seis meses que desenvolveu em colaboração com a Confederação Africana de Futebol (CAF), para implementar uma série de reformas focadas na administração, arbitragem e competições.


O Presidente da FIFA, Gianni Infantino, anunciou o desejo do Campeonato Africano das Nações passar a realizar-se todos os quatro anos em vez dos habituais dois anos, seguindo o exemplo do Campeonato Europeu de Futebol.

O projecto da FIFA não é bem visto pelo presidente da Federação Moçambicana de Futebol, Feizal Sidat, que lembra que a realidade africana nada tem a ver com a realidade europeia.
RFI