A equipa do Seven Stars inicia a defesa do título nacional de futebol esta quarta-feira, no Estádio da Várzea, ante a Associação Maio, em jogo referente ao Grupo B1 da temporada desportiva 2017/18.


A mesma infra-estrutura recebe duas horas antes, às 17:00, o jogo inaugural deste grupo, envolvendo as equipas Atletas de Cristo (campeã regional de Santiago Sul) e Águias Vermelhas (vencedores do regional do Fogo).
Já em São Vicente, região desportiva que acolhe os jogos do Grupo A, a formação do Mindelense, campeã regional, faz a recepção aos vencedores de Santo Antão, o Paulense, em partida a contar para a “poule” A1, no único jogo de quarta-feira.
A sétima edição do campeonato cabo-verdiano de futebol feminino será disputada de 01 a 11 de Agosto, com 11 equipas (10 campeãs regionais, mais o Seven Stars) divididas em quatro grupos de três cada, com o sistema de proximidade a dividir as regiões norte e sul do país.
Na poule norte, as campeãs das regiões desportivas de São Vicente (Mindelense), Santo Antão Sul (Paulense) e Santo Antão Norte (F C Porto Novo) partilham o Grupo A1, ao passo que Africa Show (Boa Vista) e Llana FC (Sal), constituem o Grupo A2, marcado pela ausência da representante da ilha de São Nicolau.
Para a zona sul, Santiago Sul (Seven Stars, campeã em título), Morabeza da Brava e Associação A. Maio constituem o grupo B 1, enquanto ADEC da Calheta São Miguel (Santiago Norte), Atletas de Cristo (Santiago Sul) e Águias Vermelha (Fogo) constituem o Grupo A2.
As equipas do norte ficam sedeadas em São Vicente para a disputa de 01 a 05 de Agosto da fase de grupos no Municipal Adérito Sena, ao passo que os clubes campeões do sul ficam alojadas na Cidade da Praia para a disputa, neste mesmo período, dos jogos da primeira fase no Estádio da Várzea.
De acordo com o regulamento da prova, os quatro primeiros classificados de cada grupo apuram-se para a “final four” a ser disputada no Estádio Municipal Arsénio Ramos, na cidade de Sal Rei, na ilha da Boa Vista.
As meias-finais colocam frente-a-frente A1 x B2 e B1 x A2 em partidas a serem disputadas a 09 de Agosto, para dois dias depois, a 11, as equipas vencedoras disputarem a final da sétima edição do Nacional de Futebol feminino.
A Federação Cabo-verdiana de Futebol, entidade organizadora, além de atribuir troféus colectivos e medalhas para os finalistas, vai distinguir os atletas individuais nas categorias de melhor jogadora, melhor marcadora e guarda-redes menos batido.
Inforpress