A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) homenageou sábado, na Ilha da Boa Vista, após a final do nacional, algumas figuras que têm impulsionado o futebol feminino cabo-verdiano.


A Escola Djedji (Cidade da Praia), Nita (treinador – Cidade da Praia), Celí (do Mindelo que foi representada por Filomena Fortes) e Paulo Évora ( da Ilha do Sal).
Na ocasião, segundo a página FCF, os homenageados demonstraram-se satisfeitos e agradecidos por terem recebidos esta distinção.
A cerimónia foi também marcada pelos discursos de despedida de Neuza Gonçalves e Luxa Estrela, ambas da Llana, que decidiram colocar um ponto final na carreira de futebolistas
O presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, José Luís Santos, mostrou-se agradecido por a Ilha ter sido palco das meias-finais e da final
A ilha da Boa Vista foi palco de 09 A 11 de Agosto, das meias-finais e a final do campeonato nacional feminino, que foi vencida pelo Llana, da Ilha do Sal.
Na final, disputada no Estádio Arsénio Ramos, as salenses venceram o Mindelense, de São Vicente, por 5-4, nas grandes penalidades, depois de 0-0 no tempo regulamentar e prolongamento.
Esta é a primeira vez que uma equipa, que não seja da Ilha de Santiago, ganha o campeonato nacional em feminino, uma vez que em seis edições, o Sevens Stars venceu por quatro vezes e a EPIF, por duas ocasiões.
Inforpress