A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) está determinada na criação da selecção feminina de futebol e aponta 16 de Novembro para a realização do primeiro jogo oficial, no Estádio Nacional, em Achada São Filipe, frente à Guiné Bissau.


O presidente federativo, Mário Semedo, disse que a sua equipa já determinou ter pela primeira vez a selecção de Cabo Verde em futebol feminino, assegurando mesmo que “o nível das jogadoras que o país tem, neste momento, tanto em Cabo Verde como lá fora, dá garantias para a construção de uma selecção de boa qualidade”.
Trata-se de uma exigência das muitas jogadoras dos diferentes clubes que praticam o futebol em Cabo Verde que há muito reclamam pela constituição da selecção feminina cabo-verdiana da modalidade.
De resto, os maiores clubes portugueses de futebol feminino há muito que têm estado a reforçar os seus planteis com jogadoras cabo-verdianas contratadas nas ilhas, onde a realização do campeonato nacional tem sido uma prática nos últimos oito anos.
A direcção da FCF aponta para breve a apresentação do novo seleccionador em futebol feminino.
A este propósito, a antiga jogadora Ivanilda Barreto, que durante a gestão do anterior presidente federativo, Victor Osório, tinha sido apresentada como a primeira selecionadora de futebol feminino, cargo que, entretanto, nunca chegou a desempenhar, não vai integrar a nova equipa técnica.
Inforpress