O seleccionador nacional de futebol, Felisberto Cardoso “ Beto”, disse que “Os Tubarões Azuis” está em condições para ter uma “boa prestação” para o duplo compromisso com Marrocos, válido para as eliminatórias da CAN - Gabão 2017.


Beto fez esta afirmação segunda-feira, após ser recebido em audiência pelo Presidente da República num encontro que teve como objectivo informar Jorge Carlos Fonseca sobre as duas partidas que Cabo Verde vai realizar com os Marrocos, a vida da seleccção e forma de trabalhar e outros pormenores a nível dos bastidores.

O professor Beto reconheceu que Jorge Carlos Fonseca é uma pessoa preocupada com o desporto nacional, mais concretamente com o futebol, lembrando que ele esteve em 2012 na Africa Sul a apoiar a selecção nacional.

Este encontro com Jorge Carlos Foncesa, segundo o timoneiro nacional, é uma forma de motivar a equipa técnica, os jogadores, e mostrar que todo povo cabo-verdiano deve estar com a selecção, como estiveram durante todo esses anos.

“Nós estamos em condições de fazer uma boa prestação, com apoio sempre do 12.º jogador. Estamos optimistas, vamos jogar em casa, temos esta tradição de vencer, mas sabemos das dificuldades, independentemente da questão do optimismo de jogar em casa. Portanto, há necessidade de fazer muito trabalho, porque vamos defrontar uma boa selecção”, lançou.

Beto adiantou ainda que os jogadores vão concentrar-se na Cidade da Praia, no dia 21, e começam a trabalhar à tarde do mesmo dia, sendo que durante a semana vão dar início aos treinos normais já programados.

Fez saber que “Os Tubarões Azuis” não vão ficar à sombra pelo facto de estar em primeiro lugar em África, acrescentando que o objectivo é ganhar este jogo a realizar no dia 26 no Estádio Nacional.

Em relação ao segundo jogo em Marrocos, no dia 29, o seleccionador nacional enalteceu a “recuperação” como um aspecto “muito importante” e um “trunfo”, mas afirmou que a seleção tem uma equipa médica e de fisioterapeuta com “muita capacidade” e será fundamental para o combinado alcançar uma vitória fora de casa.

Questionado se está ciente que, caso a selecção venha a ser derrotada que haverá uma “turbulência” devido a todo o processo da saída do ex-seleccionador Rui Águas, Beto disse que esta a par do assunto, mas que a preocupação, de momento, é viver o presente e desapegar do passado.

É de realçar que o novo seleccionador já anunciou a lista dos 33 pré-convocados com duas novidades: Nilson, guarda-redes do Bairro da Praia, e Gelson, avançado do Twent da primeira liga holandesa.

“Os Tubarões Azuis” lideram o ranking da Confederação Africana de Futebol (CAF) e o Grupo F de apuramento para a CAN - Gabão 2017.
Fonte: Inforpress