O seleccionador de Cabo Verde já tem à sua disposição os futebolistas Wuilito Fernandes, proveniente do Orange County SC (EUA), Ryan Mendes, do Galatasaray, e Garry Rodrigues, do Kayserispor (Turquia), para os trabalhos da recepção, sábado, a Uganda.


De acordo com o plano de trabalho da Federação Cabo-verdiana de Futebol, os três jogadores chegaram a Cidade da Praia na tarde de segunda-feira e vão ser integrados na tarde de hoje nesta segunda fase de trabalhos da selecção, que decorre desde segunda-feira no Estádio Nacional, em São Filipe, na Cidade da Praia.
Os treinos desta terça-feira, assim como os da quarta e quinta-feira realizam-se à tarde, estando a última sessão marcada para a manhã de sexta-feira, de forma que o relvado possa estar à disposição dos treinos de adaptação da equipa nacional da Uganda no período da tarde.
De acordo com o seleccionador de Cabo Verde, Lúcio Antunes, a vinda tardia destes futebolistas que, inclusive, faltaram a primeira fase do estágio na capital portuguesa, deve-se a compromissos com os seus clubes no último fim de semana.
Com a vinda destes três reforços, Lúcio Antunes e a equipa técnica tem todo o plantel à sua disposição para preparar o embate com a Uganda, uma equipa que o seleccionador classifica de “muito forte e consistente”.
Ainda assim, o tiomoneiro de Cabo Verde mostra-se convicto numa boa prestação dos seus convocados, com o argumento que tem estado a trabalhar o colectivo, mental e fisicamente, para que a selecção crioula possa regressar às vitórias no seu reduto e iniciar da melhor maneira a sua entrada neste apuramento para o Campeonato Africano das Nações, CAN’2019.
O jogo Cabo Verde – Uganda realiza-se a partir das 16:00 de sábado, 10 de Junho, no Estádio Nacional, e vai ser dirigido por uma equipa de arbitragem da Mauritânia, liderada por Lemghaifry Bouchaab, que terá como assistentes Abderahmane Warr e Hamedine Diba.
Fonte: Inforpress