As recentes vitórias da selecção de Cabo Verde frente à África do Sul (casa e fora) são responsáveis pelo salto de 47 posições que os Tubarões Azuis alcançaram no ranking da FIFA.


Com 548 pontos, a selecção treinada por Lúcio Antunes passa a ocupar a posição  67ª quando, há um mês, era a 114ª colocada da mesma lista.

Cabo Verde passa, igualmente, à condição de melhor selecção dos Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP), à frente da Guiné Bissau (94), Moçambique (108), Angola (137) e São Tomé e Príncipe (176).

No continente africano, a selecção do arquipélago passa a ser o número 13 do ranking, que é liderado pelo Egipto (30 no ranking FIFA) seguido de Tunísia (31), Senegal (33), RD Congo (42), Nigéria (44), Camarões (45), Burkina Faso (49), Gana (52), Costa do Marfim (54) e Marrocos (56).

A liderança do ranking, a nínel mundial, por outro lado, passa a pertencer à selecção da  Alemanha , tendo atrás as selecções do Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polónia, Suíça, França, Chile e a Colômbia.
Inforpress