A Federação Cabo-Verdiana de Futebol (FCF) reagiu, em um comunicado enviado á comunicação social, ao caso Clé e Júnior.


Os dois internacionais cabo-verdianos de sub-20 não regressaram a Cabo Verde, depois do jogo entre a selecção nacional da categoria e a congénere de Portugal, realizado na semana passada, em Portugal.

Clé, jogador do Boavista da Praia, lidera a lista dos marcadores do campeonato regional de Santiago Sul, com 11 golos e Júnior tem sido um dos destaques do Desportivo da Praia no campeonato.

Eis o comunicado:
“A Federação Cabo-Verdiana de Futebol informa que os atletas Luís Henrique Dias Fernandes e Euclides Tavares Andrade, que fizeram parte da seleção Sub-20, surpreenderam a instituição ao não regressarem juntamente com a comitiva, no dia 31 de Janeiro.
Estavam os dois atletas no aeroporto de Lisboa, tendo mesmo feito check-in, só que os dois atletas desviram o caminho e não chegaram a entrar no avião que tinha destino a cidade da Praia, no dia 31 de Janeiro.
A FCF já informou as autoridades competentes, em Cabo Verde e Portugal, do ocorrido.
Neste momento está a FCF a fazer os possíveis para que os dois atletas regressem ainda nesta semana a Cabo Verde, para que tal atitude não prejudique futuros convocados residentes, com problemas de obtenção de Vistos.”

ADP