O ex-seleccionador dos Tubarões Azuis Rui Águas classifica de “absurdo” o modo como Cláudio Aguiar “ Lito” foi despedido da equipa técnica da selecção de Cabo Verde de futebol.


Rui Águas defendeu, em entrevista à Rádio de Cabo verde (RCV), que pelo historial, como jogador e depois como adjunto, assim como engajamento pessoal, este afastamento devia ser de forma mais “formal”.

Recordamos que Lito manifestou, no facebook, o seu desagrado pela forma utilizada ((Facebook) pelo novo seleccionador nacional de futebol de Cabo Verde, o professor Felisberto Cardoso, conhecido por Beto, de o dispensar da nova equipa técnica da seleção.

O ex-capitão dos Tubarões Azuis, agora com 41 anos, trabalhou mais de quatro anos como adjunto da selecção de Cabo Verde.