A Federação Caboverdiana de Futebol (FCF) diz que “a alusão que o Lito faz a ter sido dispensado por Facebook não corresponde ao que efectivamente ocorreu”.

 
Em nota de esclarecimento enviado ao criolosports.com, a FCF avança que “Cláudio Aguiar “Lito” foi convidado pelo seleccionador nacional Felisberto Cardoso “prof. Beto” para integrar a equipa técnica da selecção sénior de futebol como Adjunto, com a tarefa de observação e acompanhamento dos jogadores cabo-verdianos no estrangeiro e ainda observação dos jogos dos adversários, não tendo aceite esse convite.”

A FCF informa, na mesma nota, que a composição e os critérios do seleccionador na escolha da equipa técnica foram abordados em conversa iniciada no messenger do facebook pelo antigo capitão da selecção nacional com o Prof. Beto.

Conversa essa, que segundo a FCF, foi uma de muitas que, enquanto colegas, trocaram sobre a vida da selecção, sempre por iniciativa do Lito, que integrou a equipa técnica desde Março de 2014, a convite do Prof. Beto, quando este foi indigitado como seleccionador interino.

A FCF “lamenta a forma deturpada como o Lito abordou publicamente este assunto, o que era dispensável”.

Por fim diz manter a “mesma admiração, respeito e consideração pelo jogador Lito, capitão da nossa selecção durante muitos anos”.