Futebol Cabo Verde


A equipa da Escola de Futebol de Achada Grande Trás (EFAT) que vai representar Cabo Verde no Torneio Africano de  futbolnet na Gâmbia foi hoje apresentada no campo relvado de Achada Grande Trás.



O Sporting da Praia vai à ilha do Maio enfrentar os Onze Unidos na primeira eliminatória da Taça de Cabo Verde, prova que se inicia a 26 do corrente com as 10 equipas vencedoras das taças regionais.


A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) pretende avançar com um Fundo de Apoio aos Clubes e um Fundo de Apoio aos ex-futebolistas nacionais, apoiados pela FIFA e outras instituições parceiras.


A Federação Cabo-verdiana de Futebol apresentou hoje o seu projecto social “Futebol Solidário” ao Presidente da República, vocacionado para apoiar os antigos desportistas que elevaram o nome de Cabo Verde através do desporto e que se encontram em dificuldades.


O Presidente da República Jorge Carlos Fonseca diz-se «tocado» com o caso do Rúben Semedo.


O Estado de Cabo Verde assumiu o pagamento imediato e integral das dívidas do torneio Inter-ilhas 2013, realizado na ilha do Fogo, pondo assim fim ao processo que se arrasta há cerca de cinco anos.



A direcção da Escola de Preparação Integral de Futebol (EPIF) tem em curso uma campanha de sensibilização para participar na Copa Mediterrâneo Internacional, que se realiza de 27 de Março a 01 de Abril, em Barcelona, Espanha.


A Taça de Cabo Verde está reactivada pela Federação Cabo-verdiana de Futebol e realiza-se de 26 de Maio a 09 de Junho, envolvendo os dez vencedores das taças regionais, prova a ser disputada em simultâneo com o Campeonato Nacional


A FIFA está a ponderar sobre o pedido de algumas federações quanto à possibilidade de os jogadores passarem a actuar por dois países diferentes, mas Gianni Infantino admite ser “muito complicado” mudar esta regra dado a interesses distintos.


A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) realiza, pela primeira vez, uma formação de delegados aos jogos para “mais rigor e qualidade”, uma iniciativa  que conta com a participação feminina.


A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) está sob restrições a nível da FIFA, pelo facto das contas e respectivos relatórios da auditoria referente ao ano de 2016 não terem sido apresentadas pela gestão anterior.