Futebol Cabo Verde


O primeiro-ministro cessante, José Maria Neves, enalteceu hoje, na Cidade da Praia, a importância dos patrocinadores no sucesso da selecção cabo-verdiana de futebol.


No âmbito da comemoração do primeiro aniversário da tomada de posse, na sequência das eleições de 11 de Abril de 2015, a nova Direcção de Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) organiza uma cerimônia com os seus patrocinadores e parceiros.


A Fundação Escola de Preparação Integral de Futebol (EPIF), recebeu na tarde de ontem, a visita do Embaixador dos Estados Unidos da América (EUA) em Cabo Verde, Donald Heflin.


Durante 3 (três) dias, de 29 de Abril a 01 de Maio do corrente ano, na praia de Santa Maria, na ilha do Sal,as selecções de Portugal (campeã do mundo em futebol de praia e o #2 no ranking  mundial), Inglaterra,  Espanha e  Cabo  Verde irão  participar  num  torneio internacional de futebol de praia, uma das modalidades com mais crescimento e projeção, na última década.


Solpontense, Lagedos, Sinagoga e Académica de Porto Novo são as equipas apuradas para meias-finais da Taça de Santo Antão.



O futebol cabo-verdiano está mais pobre. Morreu Manuel Jesus Moreno (Djudja) vítima de doença prolongada.


Muitos adeptos deslocaram-se, nesta terça-feira, ao Aeroporto Nelson Mandela, na Praia, para receber o presidente do Sporting de Portugal, Bruno de Carvalho.


O médio da Guiné Conacri Michel Guila foi aprovado no teste de observação pela equipa técnica do Rochester Rhinos, clube campeão da Liga USL PRO, segunda divisão norte-americana.


A Fundação da Escola de Preparação Integral de Futebol (FEPIF) está à procura de financiamento para participar, em Junho, no Torneio Mundial de Futebol Juvenil “Ibercup”, em Estoril (Portugal).


O areal da praia de Santa Maria, no Sal, recebe de 29 do deste mês a 01 de Maio o “Mundialito de Futebol de Praia”, denominado “Beach Soccer”, envolvendo as selecções nacionais de Cabo Verde, Espanha, Inglaterra e Portugal.


Gianni Infantino é o vencedor das eleições da FIFA e o sucessor de Joseph Blatter na presidência do organismo que rege o futebol mundial, com um mandato válido até 2019.