Futebol África: Final da Liga dos Campeões em Marrocos. Al Ahly recorre ao TAS


Na segunda-feira, 21 dias antes do jogo e já com os jogos da primeira mão das meias-finais já decorridos, a Confederação Africana de Futebol (CAF) anunciou que a final da Liga dos Campeões Africanos 2021/22 terá lugar em Marrocos.


Sem surpresa, esta decisão não é do agrado do Al Ahly do Egito, que antecipa um duelo  com os marroquinos do Wydad Casablanca na final.

Na noite de terça-feira, o clube do Cairo anunciou oficialmente que está recorrendo ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) para contestar essa escolha.

 “O Al Ahly decidiu apresentar um recurso ao TAS contra a decisão da CAF de não organizar a final da Liga dos Campeões da CAF 2022 em um local neutro, fora dos países dos quatro semifinalistas, além de outras violações que não respondem aos regulamentos da Carta Olímpica, da FIFA e da CAF”, denunciou o detentor do título por meio de um comunicado à imprensa.

“O clube já pediu à CAF que a partida seja jogada em campo neutro e vai recorrer da decisão da CAF, pedindo ao TAS que resolva a situação antes da final da competição (30 de maio). Além disso, o Al Ahly espera que a CAF faça questão de não obstruir a justiça e que forneça ao TAS todos os documentos necessários que ajudarão a obter justiça.”, pode-se ler no comunicado.

“A decisão do Al Ahly de apelar ao TAS veio depois que a CAF decidir organizar a final da Liga dos Campeões no mesmo local pela segunda temporada consecutiva. Decisão essa que dará vantagem clara para um determinado clube que jogará em casa diante de seus torcedores, além de violar outras leis e regulamentos”, continuou.

“A CAF disse que sua decisão se baseou no fato de haver apenas uma oferta disponível para sediar a partida, sem dar uma explicação adequada sobre os motivos da retirada da outra oferta (Senegal).”
Um novo caso que terá de ser resolvido com urgência pelo TAS.

No jogo da primeira mão das meias-finais, o Wydad venceu o Petro por 3-1 em Angola, enquanto o Ahly venceu por 4 - 0 em casa o Setif, da Argélia.

ADP
CrioloSports


Print   Email

         

Mais de 10 anos com os desportistas cabo-verdianos

 

 

 

SUBSCREVER AS NOSSAS NEWSLETTERS

Ao subscrever, tomo conhecimento que as newsletter poderão conter publicidade.
 

SUBSCREVER AS NOSSAS NEWSLETTERS

Ao subscrever, tomo conhecimento que as newsletter poderão conter publicidade.